quarta-feira, 12 de maio de 2010

Sintaxe Orações Coordenadas - 9º Ano


As listas a seguir abordam de maneira mais detalhada alguns dos assuntos trabalhados em Língua Portuguesa nessa II unidade, no 9º ano (8ª série). Dentre eles estão ORAÇÕES COORDENADAS, ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS e O TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO: FORMAS DE DESENVOLVIMENTO DE SUAS PARTES . O objetivo de colocá-las no blog é para que os alunos tenham um subsídio a mais para estudar e, assim, complementar tudo o que foi abordado em sala de aula. À medida que os assuntos forem trabalhados, postarei o que achar pertinente.
Então, pessoal, bom estudo!
Pró - Malu

Sintaxe : Período Composto

Oração: é um enunciado com sentido completo e que possui um verbo ou uma locução verbal.
Período: é a frase constituída de uma ou mais orações, formando um todo, com sentido completo. O período pode ser simples ou composto.
Simples: Ex.: Quero um sorvete de abacaxi. (oração absoluta)
Composto: Ex.: Dancei pagode a noite toda para esquecer do falecido.

Período Composto por Coordenação
Quando o período composto é formado de duas orações independentes , dizemos que se rata de período composto por coordenação.
Ex.:- Não tenho dinheiro aplicado , nem compro dólares.
( 1ª oração ) ( 2ª oração )

Quando as orações do período composto por coordenação seguem-se umas às outras separadas apenas por sinais de pontuação ( vírgula , dois-pontos ou travessão ) , elas são
chamadas orações coordenadas assindéticas.
Ex.:- O homem desceu, olhou a moça, beijou-a fervorosamente.
Quando , no período composto por coordenação , as orações são ligadas por meio de conjunção , elas são chamadas orações coordenadas sindéticas.
Ex.:- O garoto pulou o muro e saiu correndo.
( 1ª oração assindética ) ( conjunção ) ( 2ª oração sindética)

Dependendo das conjunções que ligam as orações coordenadas sindéticas , elas se classificam em: OS ALUNOS DARÃO EXEMPLOS.
1)- ADITIVA quando juntam , somam termos ou orações.
Conjunções :- e , nem , mas também , mas ainda , bem como , como também.
Ex.: Saí ontem com meus amigos e voltamos de madrugada.
2)- ADVERSATIVA - quando exprimem uma ressalva , contraste , oposição.
Conjunções :- mas , porém , contudo , todavia , entretanto , ao passo que , senão, no entanto , não
obstante.
3)- ALTERNATIVA - quando indicar alternância , opção entre duas coisas.
Conjunções :- ou , ou . . . ou , já . . . já , quer . . . quer , ora . . . ora, seja . . . seja.
4)- CONCLUSIVA- quando introduzem uma conclusão , uma dedução lógica.
Conjunções :- logo , pois , portanto , por isso , assim , por conseguinte , então.
5)- EXPLICATIVA- quando iniciam uma oração que explica o sentido da oração anterior.
Conjunções :- que , pois , porque , porquanto , visto que .

Nota Importante :- Para você diferenciar ( pois ) como conjunção conclusiva e explicativa :
Pois { antes do verbo e dá para trocar por porque = explicativa }
Ex.:- Estude , pois o vestibular está perto.
Pois { depois do verbo = conclusiva }
Ex.:- Estudou bastante; deve , pois passar no vestibular.
Observações Complementares :
Veja um exemplo, a conjunção ( e ) aparece normalmente como uma progressão de significados que adiciona , acrescentando algo novo.
Ex. :- Este trator serve para arar a terra e para fazer colheitas.
Se não acrescentar nada , constitui para a repetição desnecessária , deve ser evitada.
Ex.:- Tudo permanece imóvel e fica sem se alterar. ( errado ) - Porque o “ e” não adiciona nenhuma informação nova.
Essa conjunção ( e ) , por exemplo , pode ter valor de adversidade no contexto .
Ex.: Deitei-me , e não pude adormecer. - pode ser substituído naturalmente pela conjunção mas .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário